Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



14.11.2012

Quarta-feira, 14.11.12

Estou cansado! Dói-me tudo! E ainda pedes que me sinta? Que feche os olhos e olhe só para

mim? Mas eu já nem me sinto… Não tenho noção de mim mesmo. Quando me observo,

milhões de pensamentos atingem-me como raios numa tempestade. O meu corpo reage

quando o sistema fica sobrecarregado.

A minha consciência é como um esquilo: após tentar captar algo, logo outra coisa me distrai.

É demasiado rápido para mim… Muito bem, concentra! Foca! Procura encontrar no que te

circunda aquilo que nada mais é que uma projeção de ti mesmo. O mundo sem ti, realmente,

não existia, não é? Tu és a medida de todas as coisas.

O mundo é constituído de elementos dos quais vais ganhando consciência. Mas quando a

ganhas… zás….já foi, já era… já está armazenado na memória. E pensas que nada mais há

a saber, nada mais a descobrir. Tu já sabes! E já tens os ouvidos cheios de tanta coisa, os

teus olhos já viram, o teu nariz já cheirou. E estás demasiado cansado, não é? Recosta-te na

cadeira. Descontrai.

Fecha os olhos! É curioso que, para nos vermos, não podemos olhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filipe Eusébio às 15:26





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930